Mundo

Modelos que posaram nuas em varanda de Dubai são deportadas

[Modelos que posaram nuas em varanda de Dubai são deportadas]
16 de Abril de 2021 às 23:06 Por: Reprodução/ Redes sociais Por: Redação BNews

As modelos que foram presas após serem clicadas nuas para um ensaio fotográfico na varanda de um apartamento em Dubai, nos Emirados Árabes, foram deportadas nesta sexta-feira (16). A maior parte delas, todas ucranianas, embarcou em um avião para Kiev (Ucrânia).

Elas ficaram nove dias na prisão, sem contato com família e advogado. As jovens estão proibidas de voltar a Dubai por pelo menos cinco anos. Ainda assim, comemoraram o desfecho do caso.

De acordo com o Extra, uma das moças teve que ficar em Dubai por estar com a Covid-19 e uma outra não pôde viajar, pois ainda tem que responder a uma acusação não relacionada ao ensaio fotográfico.

Em um dos relatos, uma modelo contou que uma detenta grávida – que não relação com o ensaio fotográfico - acabou morrendo perto delas, o que rotulou como “bárbaro”.

As jovens disseram que ficaram em celas apertadas, sem janelas e anti-higiênicas, sem acesso a itens básicos como papel higiênico e escovas de dente. Elas teriam dormido em camas sujas e sem lençóis.

"Fomos levados para uma sala chamada escura, que é um local para detidos perigosos", afirmou uma modelo identificada apenas como Diana, em entrevista ao site “Mash”.
Irina Sotulenko, de 23 anos, citou que ela e as colegas eram xingadas frequentemente de "prostitutas".

O magnata americano-ucraniano Vitaliy Greshin, de 41 anos, que organizou e financiou o ensaio com as 21 modelos, continua preso em Dubai. 
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar