Política

Ex-governador, César Borges diz que grupo sai "fortalecido" das eleições, mas prega cautela sobre 2022

[Ex-governador, César Borges diz que grupo sai "fortalecido" das eleições, mas prega cautela sobre 2022]
01 de Dezembro de 2020 às 11:40 Por: Dinaldo Silva/BNews Por: Raul Aguilar e Luiz Felipe Fernandez

Governador da Bahia entre 1998 e 2002, César Borges (PL) reconheceu que o DEM, atualmente presidido pelo prefeito de Salvador ACM Neto, saiu fortalecido com o bom resultado nas eleições municipais deste ano.

Com passagem pelo Ministério do Transporte e da Secretaria Nacional dos Portos, ambos os cargos no governo Dilma Roussef, o ex-PFL destacou o caráter "mutável" da política e ressaltou a importância do revezamento do poder, que na sua visão é um importante alicerce do sistema democrático.

"A política tem a grande vantagem de você nem estar ganhando todo tempo, nem estar perdendo todo tempo, ela é mutável e a troca de comando é fundamental na democracia e isso existe. Uma hora um grupo está mais forte, mudança de pensamento, mudanças geracionais, aqueles mais antigos saem, entram os mais novos. Mas, realmente, nessas eleições o grupo hoje que tem a liderança do prefeito de Salvador, ACM Neto, mostrou força", analisa.

Apesar do potencial mostrado pelo DEM, ao eleger dois aliados em disputas acirradas contra o PT em Vitória da Conquista e Feira de Santana, duas das três maiores cidades da Bahia - atrás somente de Salvador, onde o partido teve uma vitória fácil no 1° turno - César Borges prefere ser cauteloso em relação a 2022. O ex-governador do Estado acredita que as escolhas só serão feitas quando se aproximar o pleito.

Ele afirma ainda que nunca se distanciou efetivamente da política, que não se faz somente com a candidatura a cargos eletivos. Ao deixar o Senado Federal em 2011, passou pelos ministérios no governo do PT e, atualmente, coordena a concessões de rodoviárias no setor privado paulista e tem funções administrativas no Hospital Aristide Maltez, em Salvador.

O democrata participou nesta terça-feira (1°) do evento da Prefeitura de Salvador, no Terminal Náutico, para a entrega de ambulâncias e de uma lanchas para ampliar a capacidade de atendimento à população.  À ocasião, o prefeito ACM Neto também anunciou a renovação dos leitos em hospitais destinados ao combate à Covid-19, após o aumento de casos nas últimas semanas.

A presença no evento mostra uma reaproximação de César Borges, que pode ser um nome importante para estar ao lado de ACM Neto, em caso do atual prefeito ser o candidato ao governo em 2022, que é a tendência natural.  O ex-senador respondeu de forma evasiva à possibilidade de voltar a disputar uma eleição, mas não descartou sair como candidato ao Congresso no ano em que completará 74 anos.

"Nunca me afastei, sempre acompanhei a política, mas não necessariamente estar disputando cargo eletivo. Se for o caso, se ocorrer, isso em cirscuntâncias - já que você nunca é candidato de si próprio-  se acontecer, estarei dentro da política. Se não, estou hoje tratando de fazer uma ajuda que possa dar pessoalmente, que sempre procurei dar", resumiu.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar