Coronavírus

Aumento na procura por UTIs preocupa e gestão abre leitos para evitar restrições, diz Leo Prates

[Aumento na procura por UTIs preocupa e gestão abre leitos para evitar restrições, diz Leo Prates]
01 de Dezembro de 2020 às 10:06 Por: Dinaldo Alves / Bnews Por: Raul Aguilar e Nilson Marinho

A cidade de Salvador vem enfrentando uma procura maior por leitos de UTI exclusivos para o atendimento de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Na manhã desta terça-feira, o secretário municipal de Saúde, Leo Prates, afirmou que a gestão está abrindo novos leitos, que haviam sido desativados com a queda de casos, para evitar o retorno de medidas mais restritivas. 

“O limite para a novas medidas de restrição é a nossa limitação para abertura de novos leitos, as medidas são para que o sistema de saúde não entre em colapso e, no fim, a gente possa dar atendimento a toda a população e salve o maior número de vidas. Só vamos tomar essas medidas [restritivas] quanto encerrar a capacidade de oferta de leitos”, comentou, durante evento de entrega de novas ambulâncias e renovação dos contratos com hospitais. 
 
Segundo ele, há uma preocupação com a avanço da doença, mas, em linhas gerais, a situação ainda pode ser controlada. Ele fez um apelo para que a população continue seguindo algumas orientações de segurança como o distanciamento e o uso de máscara e informou que a orientação do prefeito ACM Neto é abrir novos leitos.
 
“Eu não esperava enfrentar tudo isso novamente, agora, você tem um cenário mais complexo e conturbado do que no início da pandemia. No início, tínhamos com desvantagem o desconhecimento, hoje, temos a vantagem o conhecimento e as estratégias de enfrentamento e todo o cabedal de ações, não estamos lidando mais com algo tão desconhecido, porém, temos muitas pessoas que não cuidaram e estão chegando em estado agravado às UPAs e isso está gerando uma pressão enorme”.

Leia também:

"Nós estamos mais preparados para uma segunda onda", diz secretário Léo Prates

ACM Neto: "Estou fazendo de tudo para evitar medidas mais duras"

Bahia registra 21 óbitos e 1.652 novos casos de Covid-19 em 24 horas

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar